Irã cancela passagem de navios de guerra por Suez, diz Egito

Autoridade iraniana, no entanto, reafirmou que embarcações cruzarão o Canal de Suez, já que egípcios não apresentaram impedimentos

iG São Paulo |

Autoridades egípcias afirmaram nesta quinta-feira que o Irã informou à administração do Canal de Suez, no Egito, ter cancelado seus planos de conduzir dois navios de guerra pelo local, a caminho do mar Mediterrâneo.

Todas as embarcações navais têm de obter autorização prévia dos Ministérios da Defesa e das Relações Exteriores do Egito para cruzar o estreito de Suez, uma estratégica rota internacional. Segundo a autoridade egípcia, os navios seriam a fragata Alvand e o cargueiro Kharg, que estavam perto do porto saudita de Jidá, no Mar Vermelho.

Mais tarde, no entanto, o Irã reafirmou que as duas fragatas de guerra que se dirigem ao Mar Mediterrâneo, cruzarão o Canal de Suez, já que as autoridades egípcias não apresentaram qualquer impedimento. As declarações foram dadas por um funcionário da Marinha iraniana citado pelo site da televisão estatal PressTV.

Se os navios passarem pelo Canal de Suez será a primeira vez desde a Revolução Islâmica do Irã, em 1979, que navios de guerra do país cruzariam o canal, segundo os funcionários. A revolução iraniana afetou as relações com o Egito, que assinou no mesmo ano um acordo de paz com Israel.

O chanceler israelense, Avigdor Lieberman, havia dito na quarta-feira que os planos iranianos de passar pelo canal com dois navios de guerra, rumo à Síria, eram uma "provocação".

Com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: egitocanal de suezirãisraeloriente médio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG