Suleimaniya (Iraque), 18 jul (EFE).- O Exército iraniano bombardeou entre esta quinta-feira e hoje o norte do Iraque, sem causar vítimas, em um ataque contra o braço iraniano do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), segundo responsáveis do grupo ilegalizado e curdo-iraquianos.

Uma fonte da província curdo-iraquiana de Suleimaniya disse à Agência Efe que "a artilharia (iraniana) bombardeou zonas verdes dos subdistritos de Sangasar e Zharawe das 22h30 (15h30 de Brasília) da quinta-feira até o início desta manhã".

Também "queimaram algumas áreas próximas a povoados, mas não houve vítimas", disse o prefeito, cuja localidade está perto da fronteira com o Irã.

O responsável de relações públicas do PKK, Ahmed Deniz, confirmou o bombardeio sobre as zonas de Zharawe, Sangasar e Sidakan, sem dar mais detalhes.

Durante o mês, o Irã bombardeou o Curdistão iraquiano três vezes, mas sem deixar mortos ou feridos.

O Irã costuma atacar os lugares onde estariam escondidos os combatentes do Partido para a Livre Vida no Curdistão (Pejak, facção iraniana do PKK) no Curdistão iraquiano, nas montanhas de Qandil, que se estendem em uma zona fronteiriça entre Irã, Iraque e Turquia.

EFE fm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.