IRA Autêntico reivindica explosão de bomba na Irlanda do Norte

Dublin, 11 set (EFE).- O IRA Autêntico assumiu hoje a autoria da colocação de uma bomba que explodiu em frente á residência de um policial na localidade norte-irlandesa de Shantallow, no condado de Londonderry, informaram fontes oficiais.

EFE |

A ação terrorista deste grupo - uma cisão do inativo Exército Republicano Irlandês (IRA) e contrário ao processo de paz - causou danos em um veículo estacionado na área, mas não chegou a causar feridos, disse um porta-voz da Polícia norte-irlandesa (PSNI).

Especialistas continuam examinando outra bomba suspeita encontrada em frente à casa da irmã do mesmo agente da PSNI, também alvo do IRA Autêntico, a facção responsável pelo atentado de Omagh em 1998, no qual 29 pessoas morreram.

Em comunicado, os dissidentes também assumiram hoje a autoria da agressão cometida contra um homem na cidade de Derry, que levou vários tiros nas pernas e que está hospitalizado e fora de perigo, segundo fontes hospitalares.

Este tipo de agressão ou "castigo paramilitar" cometido contra elementos considerados antissociais se acentuaram nas últimas semanas, o que é interpretado como uma tentativa do IRA Autêntico deganhar controle sobre suas próprias comunidades através do terror.

EFE ja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG