Irã anuncia detenção de vários membros de grupo opositor ilegal

TEERÃ - A Polícia iraniana deteve várias membros do grupo opositor ilegal Mujahedin Khalq (Combatentes do Povo), acusados de causar distúrbios durante os últimos dias de protestos eleitorais no País.

EFE |

A televisão estatal informou neste domingo que os membros do citado grupo, considerado terrorista pelo Irã, tinham entrado no País através do Iraque onde tinham recebido treinamento terrorista. No entanto, não detalhou quantos supostos ativistas foram detidos nem onde nem quando.

"Os líderes deste grupo pediram a seus membros a cometer atos terroristas como o incêndio de ônibus e postos de gasolina ou a destruição do mobiliário urbano, além de atacar a (as milícias islâmicas) Basij", acrescentou.

O Irã é palco há mais de uma semana de grandes protestos e confrontos entre as Forças de Segurança e a oposição, que denuncia uma suposta fraude nas eleições do dia 12 de junho.

Análises:

Leia mais sobre: Irã

    Leia tudo sobre: irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG