Irã agradece à Mauritânia por chamar a consultas embaixador em Tel Aviv

Nuakchott, 14 jan (EFE).- O Irã agradeceu à Mauritânia por ter chamado para consultas, em 5 de janeiro, o embaixador mauritano em Tel Aviv, como medida de protesto contra a ofensiva militar de Israel contra a Faixa de Gaza.

EFE |

A mensagem foi transmitida ao presidente do Alto Conselho de Estado, general Mohammed Ould Abdelaziz, pelo vice-presidente de assuntos jurídicos e parlamentares do Irã, Mohammed Ridha Rahimi, durante sua visita oficial ao país.

"Essa medida está em perfeita harmonia com a postura e as aspirações do povo mauritano", disse Rahimi, afirma hoje a imprensa, após a reunião mantida com o chefe da Junta Militar, no poder após o golpe de Estado de 6 de agosto.

A Mauritânia foi o terceiro país árabe, após Egito e Jordânia, a reconhecer o Estado judeu e, desde o início da ofensiva israelense, em 27 de dezembro, a maioria dos partidos políticos pediu às autoridades mauritanas a ruptura oficial das relações diplomáticas com o país. EFE mo-mgr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG