povos enfrentarão Israel se a ONU continuar passiva - Mundo - iG" /

Irã adverte que povos enfrentarão Israel se a ONU continuar passiva

Teerã, 10 jun (EFE).- Um alto cargo iraniano acusou hoje Israel de conspirar contra seus vizinhos árabes e advertiu que, se a ONU continuar passiva, os povos não terão outra solução do que o enfrentamento com o Estado judeu, informou a agência iraniana Isna.

EFE |

A advertência foi feita pelo assessor para Assuntos Culturais do Estado-Maior das Forças Armadas do Irã, geral Massoud Jazayeri, que reiterou que Israel "está preparando uma conspiração contra a segurança de dois países árabes", sem dar detalhes.

Sua declaração ocorre depois que o ministro da Defesa iraniano, Mustafa Nayar, considerou "tola" a recente ameaça do vice-primeiro-ministro israelense, Shaul Mofaz, de atacar o Irã, e advertiu que a "resposta iraniana será dolorosa".

"O regime sionista está planejando uma nova maldade, após seu histórico fracasso no Líbano", disse Jazayeri, em referência à guerra entre Israel e a milícia libanesa pró-iraniana Hisbolá em meados de 2006.

"Trata-se de causar insegurança em dois países árabes através de um plano americano-israelense", acrescentou o responsável iraniano, e perguntou pelo "silêncio das organizações internacionais a respeito dos crimes israelenses".

No fim de semana passado, o Governo iraniano apresentou uma queixa formal à ONU, devido às advertências feitas na sexta-feira passada por Mofaz, nas quais considerou "inevitável" um ataque israelense contra o Irã, por causa das atividades nucleares iranianas.

O Irã, acusado pelo Ocidente de patrocinar o terrorismo internacional, não reconhece Israel e considera que esse país e os Estados Unidos são os principais inimigos da República Islâmica. EFE msh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG