dois pesos e duas medidas em luta antiterrorista - Mundo - iG" /

Irã acusa EUA de usar dois pesos e duas medidas em luta antiterrorista

Teerã, 1 mar (EFE).- O porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores do Irã, Ramin Mehmanparast, acusou hoje os Estados Unidos de manter uma política de dois pesos e duas medidas na luta contra o terrorismo.

EFE |

A declaração de Mehmanparast foi uma resposta às recentes opiniões da secretária de Estado americana, Hillary Clinton, sobre a detenção do líder rebelde sunita Abdulmalik Rigi, considerado terrorista por Teerã.

"Chamar indivíduos de um grupo terrorista de corrente política é uma postura de dois pesos e duas medidas, além de uma ingerência nos assuntos internos da República Islâmica do Irã", afirmou o porta-voz.

Além disso, Mehmanparast pediu que a chefe da diplomacia americana "respeite a independência judicial de outras nações e se preocupe mais com como seu país descumpre as leis mundiais".

"Ser membro de um grupo terrorista e atacar inocentes é um claro delito pelo qual culpados são processados em todas as partes do mundo", destacou, antes de recomendar a Hillary que não teça julgamentos com base em "informações incorretas".

Rigi foi detido na terça-feira passada por forças especiais iranianas a bordo de um avião do Quirguistão que tinha partido de Dubai e foi obrigado a pousar por caças do Irã quando entrou no espaço aéreo iraniano.

Seu grupo, que atua na instável fronteira entre Afeganistão, Paquistão e Irã, cometeu em 2009 os dois piores atentados sofridos pelo Irã nos últimos 20 anos de sua história.

Parlamentares iranianos pediram hoje que o Ministério de Assuntos Exteriores empreenda ações legais contra os países que supostamente apoiaram o líder rebelde.

O Irã já acusou anteriormente os EUA e o Reino Unido de financiar e apoiar as atividades de Rigi, fundador do grupo extremista Jundullah ("Exército de Alá"). EFE jm-msh/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG