Irã acusa EUA de financiar o terrorismo internacional

Teerã, 1 jun (EFE).- O chefe do Poder Judiciário iraniano, Mahmoud Hashemi Shahroudi, acusou hoje os Estados Unidos de financiar o terrorismo internacional, e assegurou que o país tem provas documentais que atestam isso.

EFE |

Em entrevista após se reunir com o embaixador do Paquistão em Teerã, Mohamad Bakhsh Abbasi, o clérigo conservador ressaltou que os documentos em poder do Irã corroboram que Washington "está por trás daqueles que plantam bombas e armam grupos rebeldes".

"Existem evidências que demonstram que o dinheiro destes grupos procede dos Estados Unidos", acrescentou Sharoudi, citado pela agência de notícias local "Fars".

"É ingênuo acreditar que os Estados Unidos lutam para eliminar o terrorismo em escala mundial", disse.

As críticas de Sharoudi vieram a público apenas quatro dias após o Irã acusar os Estados Unidos de envolvimento no atentado que, na quinta-feira, matou 25 pessoas em uma mesquita da cidade de Zahedan, situada na conflituosa fronteira com Paquistão e Afeganistão.

Sharoudi insistiu em que a solução aos conflitos na zona deve ser regional, e denunciou que, desde que os EUA e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) estão no Afeganistão, "disparou o cultivo de droga e o narcotráfico". EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG