Irã acha que é hora de comunidade internacional abordar problema somali

Bruxelas, 23 abr (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, afirmou hoje que chegou a hora de a comunidade internacional adotar uma posição coletiva para ajudar o povo somali a recuperar a via da paz e do desenvolvimento.

EFE |

Assim afirmou ao término da conferência internacional de doadores que foi realizada hoje, em Bruxelas, para arrecadar fundos a fim de ajudar o novo Governo somali a controlar a segurança do país e atacar as raízes da pirataria.

O ministro iraniano lembrou que há quase duas décadas o país africano se encontra em meio a uma crise, por isso considera que já é o momento de os líderes políticos mundiais cooperarem para que o retorno da paz, segurança, estabilidade e desenvolvimento.

Além disso, Mottaki destacou que o Irã pediu ao atual Governo de transição somali que estabeleça um diálogo com todos os grupos, para levar em conta seus pontos de vista e incentivá-los a se unir a esta nova tentativa de conseguir a estabilidade no país. EFE vd/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG