IPCC destinará dinheiro do Prêmio Nobel a cientistas de países pobres

Genebra, 4 set (EFE).- O Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática (IPCC) destinará o dinheiro obtido com o Prêmio Nobel da Paz aos cientistas dos países com menos recursos.

EFE |

"Não há suficientes pesquisas nos países em desenvolvimento, por isso é importante potencializá-las", afirmou, em entrevista coletiva, o presidente do IPCC, o indiano Rajendra Pachauri.

O IPCC recebeu no ano passado o Prêmio Nobel da Paz, compartilhado com o ex-vice-presidente americano Al Gore, "devido a seus esforços para construir e divulgar maior conhecimento sobre a mudança climática provocado pelos seres humanos, e sugerir medidas para contra-atacar e modificar o fenômeno".

No domingo passado, o IPCC celebrou seus 20 anos de existência com uma cerimônia que teve a participação do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

Durante esta semana, ocorreu a 29ª reunião do grupo que reelegeu Pachauri por unanimidade como seu presidente.

O cientista indiano terá que dirigir os trabalhos do quinto relatório do grupo, que começarão em 2009 e deverão concluir em 2014. EFE mh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG