Iowa anula vitória de Romney e declara disputa sem vencedor

Revisão mostra que Santorum ficou em primeiro, mas votos 'perdidos' impedem resultado claro no caucus republicano

iG São Paulo |

A vitória de Mitt Romney no caucus de Iowa, votação que abriu a disputa para definir o candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, foi anulada nesta quinta-feira. Segundo autoridades do partido, Rick Santorum ficou 34 votos à frente de Romney mas ninguém será declarado vencedor por causa de votos perdidos que não foram contados.

O anúncio oficial foi feito nesta quinta-feira pelo presidente do Partido Republicano em Iowa, Matt Strawn. Segundo ele, problemas na votação em oito dos 1.774 distritos de Iowa tornam impossível a declaração de um vencedor.

Saiba mais: Veja especial do iG sobre as eleições nos EUA

AP
O pré-candidato republicano à presidência Rick santorum aponta para o rival Mitt Romney durante debate em Myrtle Beach, na Carolina do Sul (16/01)

Até então, o resultado oficial apontava Romney como vencedor, que teria recebido apenas oito votos a mais do que Santorum. Após a imprensa american noticiar que sua vitória foi anulada, Romney divulgou um comunicado no qual chamou a disputa de “empate virtual” e elogiou o desempenho do rival.

A campanha de Santorum, porém, declarou a vitória do candidato. "Os livros de história dirão que ele venceu o caucus de Iowa em 2012", afirmou Hogan Gidley, assessor do pré-candidato. "Isso só prova o que estamos falando: que podemos ganhar de Romney com uma fração de seus recursos. E podemos fazer o mesmo com Barack Obama."

Os novos números podem dar impulso à campanha de Santorum na Carolina do Sul, que realiza uma primária no sábado.

Pesquisas apontam Romney como favorito, mas sua vantagem em relação ao segundo colocado, Newt Gingrich, caiu nove pontos percentuais nas duas últimas semanas. Segundo o levantamento, Romney tem 33% dos votos contra 23% de seu principal rival.

Curtis Loftis, coordenador da campanha de Romney na Carolina do Sul, fez um apelo ao eleitorado para que compareça às urnas.

"Temos de trabalhar mais duro do que vocês sabem. Temos de levar todo mundo às urnas, do contrário não conseguiremos mandar Barack Obama para casa", disse ele a uma plateia num subúrbio de Columbia.

Leia também: Favorito, Romney é alvo de ataques em debate na Carolina do Sul

Romney venceu as segunda etapa da disputa interna do Partido Republicano, a primária de New Hampshire, e lidera as pesquisas em nível nacional. Dono de uma fortuna estimada em US$ 270 milhões, ele admitiu nesta semana que só paga cerca de 15% de imposto de renda - bem menos que a alíquota da maioria dos assalariados americanos. Isso acontece porque a legislação taxa mais os salários do que os lucros financeiros.

Pressionado a divulgar suas declarações de imposto, Romney disse num debate na segunda-feira que fará isso em abril, quando termina o prazo oficial para que candidatos apresentem essa declaração - mas quando a maioria dos Estados já terá feito suas eleições primárias.

Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: eleição nos euaromneycaucus de iowasantorumrepublicanos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG