Investigadores franceses confirmam sinais das caixas-pretas de avião iemenita

Paris, 5 jul (EFE).- O Escritório de Investigações e Análises (BEA, em francês) da França confirmou hoje que foram detectados sinais acústicos das caixas-pretas do avião iemenita que caiu na segunda-feira passada (hora de Brasília) no Oceano Índico com 153 pessoas a bordo.

EFE |

Os sinais foram detectados esta manhã durante "os trabalhos de busca submarinos" para tentar localizar as caixas-pretas do Airbus A310 acidentado, precisou a BEA, em um breve comunicado.

As autoridades iemenitas tinham informado na quarta-feira passada sobre a descoberta das caixas-pretas do aparelho, mas, um dia depois, desmentiram a informação.

Agora, os especialistas franceses que participam das investigações do acidente confirmam que foi detectado o sinal gerado pelos emissores com os quais estão equipadas as caixas-pretas.

Esse sinal não é muito superior ao barulho produzido por um pequeno martelo contra o chão e é emitido durante um prazo de, pelo menos, 30 dias depois do acidente.

As caixas-pretas registram informação-chave para determinar as causas e as circunstâncias nas quais aconteceu o acidente.

O avião, da companhia Yemenia Airway, caiu no Índico pouco antes de aterrissar em Comores com 153 pessoas a bordo, das quais apenas uma foi resgatada com vida. EFE pi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG