Investigador francês não vê necessidade de aposentar frota A330

PARIS (Reuters) - Autoridades não possuem dados que indiquem a necessidade de manter no solo o modelo do avião da Airbus A330, como o que caiu no oceano Atlântico depois de decolar do Rio, disse nesta quinta-feira um investigador francês. O voo da Air France AF 447 desapareceu depois de decolar do Rio de Janeiro no dia 31 de maio, com destino a Paris.

Reuters |

As causas exatas da tragédia que matou 228 pessoas ainda são desconhecidas.

(Reportagem de Tim Hepher)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG