Nações Unidas, 5 mai (EFE).- Israel foi responsável por sete ataques a escolas e instalações da ONU durante sua ofensiva militar contra a Faixa de Gaza, nos quais usou fósforo branco e causou danos superiores a US$ 10 milhões, segundo um relatório de uma comissão do organismo divulgado hoje.

EFE jju/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.