noite mais fria do inverno nesta sexta, com temperaturas na casa dos 20 graus abaixo de zero. França, Rússia, Espanha e Alemanha estão em alerta devido às fortes nevascas. Na América do Norte, a região dos Grandes Lagos, na fronteira com o Canadá, deve sofrer com temperaturas na casa dos 35 graus negativos." / noite mais fria do inverno nesta sexta, com temperaturas na casa dos 20 graus abaixo de zero. França, Rússia, Espanha e Alemanha estão em alerta devido às fortes nevascas. Na América do Norte, a região dos Grandes Lagos, na fronteira com o Canadá, deve sofrer com temperaturas na casa dos 35 graus negativos." /

Inverno rigoroso paralisa transportes e coloca hemisfério norte em alerta

LONDRES - Uma frente fria do Ártico provoca uma onda de frio sem precedentes no hemisfério norte. O Reino Unido passou pela http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2010/01/08/runido+tem+noite+mais+fria+do+inverno+com+20+graus+abaixo+de+zero+9266266.html target=_topnoite mais fria do inverno nesta sexta, com temperaturas na casa dos 20 graus abaixo de zero. França, Rússia, Espanha e Alemanha estão em alerta devido às fortes nevascas. Na América do Norte, a região dos Grandes Lagos, na fronteira com o Canadá, deve sofrer com temperaturas na casa dos 35 graus negativos.

iG São Paulo |


Ônibus escolar fica preso na neve em Omaha, Nebraska, no norte dos EUA / AP

A baixa temperatura e a neve deram origem a grandes problemas em transportes, escolas e indústria, e dezenas de grandes empresas convivem com racionamento na provisão de gás na Grã-Bretanha para atender as necessidades domésticas, que alcançaram níveis recorde devido a aquecedores.

Grupos empresariais e políticos britânicos da oposição criticaram a "vulnerabilidade" do sistema de provisão energética do país e pediram a construção de mais estações de gás tanto para uso doméstico como industrial.

Caos nos tramportes britânicos

As companhias aéreas continuam anunciando atrasos e cancelamentos. A Easyjet confirmou mais 30 voos que não partiram, totalizando aproximadamente 500 na semana. A British Airways, que ontem cancelou 113 voos em Heathrow e 36 em Gatwick (ambos aeroportos de Londres) confirmou que houve vários atrasos em algumas de suas operações.

Os principais aeroportos do país, incluindo os que atendem a Londres, seguem abertos, mas os passageiros são aconselhados a se informarem sobre o estado de seus voos antes de chegar aos terminais. Os serviços da ferrovia Eurostar, que une a Inglaterra com o continente europeu, ainda não voltaram à normalidade, depois que, na quinta-feira, um dos trens teve problemas no túnel sob o canal da Mancha.


Placa alerta para fina camada de gelo em lago em Wimbledon, na Grã-Bretanha / AP

Várias companhias ferroviárias que operam várias linhas pelo país voltarão a sofrer hoje interrupções ou fortes atrasos depois que ontem foram cancelados muitos serviços durante a manhã, e se espera uma redução das frequências em alguns trechos.

O Escritório Meteorológico advertiu aos motoristas que as estradas estão em condições extremamente perigosas devido à neve ou ao gelo em todo o país.

Alguns diários britânicos publicam hoje em suas primeiras páginas uma foto do Reino Unido, tirada por um satélite, na qual o país aparece inteiramente coberto por uma camada branca.


Foto de satélite mostra Grã-Bretanha coberta de neve / AP

Mais frio na Europa

Esperam-se 40 centímetros de neve na tarde desta sexta-feira na Alemanha, com ventos fortes e expectativa de caos no trânsito.

Os aeroportos convocaram funcionários extras e operadores das linhas férreas alertaram para atrasados. "O que está sendo previsto para o fim de semana poderia acarretar condições de tráfego caóticas e potencialmente deixar amplas áreas da Alemanha paralisadas", alertou o Auto Clube da Europa.

Em cidades como Dusseldorf, a Cruz Vermelha está montando tendas aquecidas para acomodações de emergência, já que até 10 moradores de rua morreram congelados em semanas recentes por causa das baixas temperaturas.

O norte da Espanha espera queda de mais neve, enquanto o sul do país enfrenta várias enchentes.

Na França, o serviço de metereologia do país alertou que continuará nevando forte. Partes do país - principalmente a região sudoeste de Provence - estão sem luz e sofrendo com atrasos no sistema de transporte depois que até 20 centímetros de neve caíram nos últimos dias.

Leia mais sobre frio

    Leia tudo sobre: nevasca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG