Inundações no Paquistão matam 37 pessoas e afetam mais de 90 mil

Islamabad, 8 ago (EFE).- Pelo menos 37 pessoas morreram e 90.

EFE |

652 foram afetadas pelas fortes chuvas e inundações registradas na província paquistanesa do Punjab, informou hoje uma fonte oficial.

As chuvas alagaram totalmente 3.472 casas e danificaram seriamente mais de 60 mil hectares de cultivo, segundo o diretor do departamento encarregado de lidar com as catástrofes meteorológicas e os trabalhos de resgate, Muhammad Akram.

O distrito mais afetado pelo temporal é Rajanpur, no qual 86 mil pessoas de 110 localidades sofreram as conseqüências das intensas chuvas, que danificaram 41 mil hectares de cultivo.

No distrito de Dera Ghazi Khan, também no Punjab, 960 casas ficaram inundadas em 19 povoações distintas, enquanto as chuvas afetaram 19.208 hectares de cultivo.

Akram assinalou que as autoridades abriram 12 campos para dar abrigo aos aldeões dos três distritos mais afetados e acrescentou que 100 pessoas se encontram em um campo de amparada estabelecido em Dera Ghazi Khan.

Akram assegurou que o Governo provincial do Punjab já ordenou aos chefes de distrito que tomem todas as medidas necessárias para garantir os trabalhos de resgate nas áreas mais afetadas.

O temporal castigou na última semana grande parte da região paquistanesa.

Pelo menos 61 pessoas morreram e milhares resultaram deslocadas entre 3 e 4 de agosto por causa das inundações, 47 delas na Província da Fronteira Noroeste (NWFP). EFE igb/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG