País foi afetado por inundações devastadoras nos últimos 45 dias

Pelo menos 10 milhões de pessoas estão desabrigadas no Paquistão, país afetado por inundações devastadoras nos últimos 45 dias, segundo uma nova estimativa da ONU, que cita "uma das piores crises humanitárias de sua história".

Vítimas da enchente no Paquistão são resgatadas
AFP
Vítimas da enchente no Paquistão são resgatadas
"De acordo com novas estimativas após as inundações mais recentes em Sindh, pelo menos 10 milhões de pessoas estão sem teto atualmente", afirmu Maurizio Giuliano, porta-voz no Paquistão da Agência de Coordenação de Assuntos Humanitários (Ocha) da ONU.

"E isto não inclui aqueles que já receberam ajuda de emergência e aqueles abrigados em escolas", completou Giuliano.

Ele afirmou que as inundações no Paquistão se tornaram "um dos piores desastres humanitários da história da ONU, em termos do número de pessoas que precisam de ajuda e do tamanho da área afetada".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.