Pequim, 4 ago (EFE).- Pelo menos duas pessoas morreram e mais de 76 mil tiveram que ser realocadas por causa das inundações no leste da China, causadas pela temporada das chuvas de monção, que este ano já causaram mais de 250 mortes em todo o país.

O transbordamento do rio Chuhe, nas províncias orientais de Anhui e Jiangsu, é o pior desde 1991, e em alguns de seus trechos registra níveis recorde de água.

Somente em Anhui, mais de 24 mil casas foram destruídas pela potência das águas, que também arrasaram 302.667 hectares de cultivos e forçaram o deslocamento de 76.361 residentes.

Nesta província, a cidade de Chuzhou registra meio metro de água em suas ruas, e as autoridades locais calculam as perdas econômicas diretas nesta província em US$ 214,8 milhões.

Segundo o Governo central, até junho morreram na China 252 pessoas devido a chuvas e inundações, que costumam afetar o país anualmente, entre os meses de maio e setembro. EFE mz/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.