Inundações na Índia causam contaminação da água e deixam milhares doentes

Nova Délhi, 25 set (EFE) - Milhares de pessoas estão apresentando doenças transmitidas por água contaminada por causa das inundações em Orissa, estado do leste da Índia, onde 56 pessoas morreram, informou hoje uma fonte oficial. Segundo uma fonte do Departamento de Saúde regional, citada pela agência Ians, um grande número de doentes foi a clínicas e hospitais apresentando diarréia, infecções respiratórias e febres. O responsável de Saúde do distrito de Kendrapada - um dos mais afetados pelas fortes chuvas -, Kashinath Nayak, informou que mais de 17.800 pacientes tinham sido tratados nos últimos cinco dias.

EFE |

O diretor para Orissa da ONG Action Aid, Manas Ranjan, disse à Agência Efe que estão sendo detectados casos de febres virais devido à contaminação da água em vários pontos da região.

"Visitamos um município do distrito de Cuttack onde pelo menos 30% dos moradores estavam doentes", afirmou Ranjan.

O ativista explicou que a organização está distribuindo água e comprimidos para torná-la potável, enquanto o Governo regional se ocupa da repartição de alimentos.

Segundo Ranjan, as autoridades regionais trabalharam com eficácia durante os primeiros dias, mas, nestes momentos, a situação é mais grave e os recursos são insuficientes.

Além disso, assegurou que há municípios submersos sob as águas e não há navios suficientes para chegar até as pessoas que permanecem isoladas.

O secretário de Fazenda do Governo regional, G.V. Venugopal Sarma, disse que um grande número de médicos tinha sido destinado às zonas afetadas.

A situação piorou depois que outros 65 municípios foram alagados nas últimas horas por causa da abertura de 140 novas rachaduras nos diques de contenção do rio Mahanadi, segundo Sarma.

Mais de mil soldados, entre eles membros do Exército, participam dos trabalhos de resgate, nos quais foram usadas 1.500 embarcações e helicópteros militares.

Até agora, 377 mil pessoas foram removidas a lugares mais seguros, mas o número de pessoas isoladas segue aumentando e já se situa em 800 mil, informou a agência "PTI".

As inundações afetaram quatro milhões de pessoas em cerca de seis mil municípios, dos quais 871 ficaram completamente alagados.

Estimativas preliminares do Executivo de Orissa cifram em 24 bilhões de rúpias (US$ 521 milhões) as perdas geradas pelas inundações. EFE mb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG