Inundações na Ilha da Madeira deixam 25 mortos

LISBOA (Reuters) - Ao menos 25 pessoas morreram depois de uma série de inundações e quedas de barreiras causadas por chuvas torrenciais na ilha portuguesa da Madeira, disse o ministro do interior Rui Pereira no sábado. O único número que tenho vem do serviço nacional de proteção civil e é de 25 mortos, afirmou Pereira enquanto se preparava para ir visitar a ilha, um popular destino turístico no Atlântico a cerca de mil quilômetros a sudoeste de Lisboa.

Reuters |

Imagens de televisão mostravam poderosas correntes de água e lama invadindo as ruas da capital da Madeira, Funchal, e arrastando carros e árvores. Mais de 60 pessoas foram hospitalizadas, disse a agência de notícias estatal Lusa.

Não havia informação de imediato que indicasse a morte de algum turista. O primeiro-ministro José Sócrates expressou sua "profunda comoção" pela magnitude do desastre. Ao mesmo tempo, as autoridades portuguesas prometeram organizar o envio de ajuda para a região autônoma.

(Andrei Khalip)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG