Inundações na China deixam 88 mortos e 48 desaparecidos

Chuvas afetaram até agora a 9,27 milhões de pessoas

EFE |

As tempestades e inundações que assolam o sul da China causaram até este sábado 88 mortos e 48 desaparecidos, segundo o último relatório do Ministério de Assuntos Civis, que prevê mais chuvas para os próximos dias.

As chuvas iniciaram no domingo passado nas províncias meridionais e orientais de Fujian, Zhejiang, Guangdong, Hunan, Jiangxi, Guangxi, Guizhou e Sichuan, e afetaram até agora a 9,27 milhões de pessoas.

O Ministério assinala que entre estas, 757 mil tiveram de ser evacuadas para evitar danos maiores e perdas econômicas diretas em US$ 1,460 bilhão.O Governo enviou equipes de resgate às áreas mais afetadas de Fujian, no litoral sudeste.

Segundo o Centro Nacional de Meteorologia, nos próximos dias espera-se que as fortes chuvas sigam afetando o sul do país asiático, que cada ano se vê afetado pelo fenômeno da monção, que provoca centenas de mortos devido o aumento dos rios e às avalanches de terra e rochas.

    Leia tudo sobre: Chinachuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG