Nova Délhi - Pelo menos quinze pessoas morreram e um milhão foram forçadas a abandonar seus lares por causa das inundações no estado indiano de Assam (nordeste), informaram hoje fontes oficiais.

O ministro de Ajuda e Reabilitação do governo regional, Bhumidhar Barman, citado pela agência "Ians", disse que 16 dos 27 distritos de Assam foram afetados pelas inundações.

"A situação geral continua sendo crítica", descreveu Barman.

Membros do Exército tentam agora chegar aos mais de 1.300 municípios e aldeias inundadas pelas últimas chuvas da monção.

A alta das águas do rio Brahmaputra causou a ruptura de mais de 20 diques e arrastou pontes, alagando estradas e povoados em uma área de quase 270 mil hectares.

"Milhares de pessoas permanecem nos refúgios improvisados e o Governo lhes fornece alimentos e outros bens básicos, além de cuidados médicos", acrescentou Barman.

Segundo fontes oficiais, o Brahmaputra e seus afluentes superaram em 12 pontos o nível de risco, e teme-se que a situação continue piorando, pois os serviços meteorológicos previram mais chuvas.

Leia mais sobre: Inundações na Índia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.