Inundações deixam 1 morto e 400 mil desabrigados na Índia

Nova Délhi, 5 jul (EFE).- Pelo menos uma pessoa morreu e 400 mil tiveram que deixar suas casas devido às fortes chuvas e inundações que atingem o estado indiano de Assam, informou hoje uma fonte oficial.

EFE |

Segundo a fonte, citada pela agência "Ians", um morador da ilha fluvial de Majauli, no rio Brahmaputra, morreu afogado depois que o barco onde viajava tombou, ontem à noite.

Cerca de 400 mil pessoas de 500 municípios pertencentes aos distritos de Lakhimpur, Dhemaji, Jorhat e Nagaon tiveram que deixar suas casas, devido às inundações causadas pelas chuvas de monção na última semana.

A maioria dos deslocados se concentra em abrigos improvisados, e as autoridades distribuem alimentos e oferecem atendimento médico, segundo o responsável de Reabilitação do Governo de Assam, Bhumidhar Barman.

Barman disse que foram alertadas as forças de segurança e as equipes de resgate das zonas mais vulneráveis.

"A situação continua desanimadora e colocamos em ação as equipes de resgate", disse.

No distrito de Lakhimpur, os muros de contenção dos rios se romperam e dois diques foram alagados devido ao aumento do nível das águas em Majuli.

Segundo a Comissão Central da Água, o Brahmaputra, um dos rios mais longos do continente asiático, e seus afluentes estão acima do nível de risco em pelo menos dez pontos da região. EFE mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG