Interpol procura chefe da fabricante francesa de próteses

Jean-Claude Mas, de 72 anos, é procurado por delitos "contra a vida e a saúde"

Reuters |

O fundador de uma empresa francesa no centro de um alerta global sobre implantes mamários está sendo procurado pela Costa Rica, segundo uma notícia publicada no site da agência de polícia internacional Interpol. Jean-Claude Mas, que começou a hoje extinta Poly Implant Prothese (PIP) em 1991, desapareceu da vista pública conforme se disseminava pelo mundo a ansiedade sobre os supostos efeitos de seus produtos à saúde.

Entenda o caso: França vê problema em 25 mil próteses de mama implantadas no Brasil

Um "alerta vermelho" publicado pela Interpol diz que o francês de 72 anos é procurado por delitos "contra a vida e a saúde" na Costa Rica. Fotos tiradas pela polícia mostram um homem careca, barbado e de óculos, sorrindo e usando uma camiseta branca.

A empresa pequena, que fechou as portas em 2010 depois que seus implantes tiveram que ser retirados do mercado, voltou a ser manchete depois que o governo francês recomendou que dezenas de milhares de mulheres na França com implantes PIP os removessem por precaução.

Os implantes tinham taxas de ruptura anormais, embora o governo francês e especialistas da área de saúde dissessem na sexta-feira (23) que não havia provas de um aumento no risco de câncer nos implantes PIP em relação a outras marcas. Até 90 por cento das vendas de PIP foram feitas no exterior, a maior parte para a América Latina e para a Europa ocidental.

Leia também: Anvisa recomenda que paciente com prótese francesa procure seu médico

Funcionários da Interpol sediada em Lyon não estavam disponíveis para dar mais detalhes ou dizer quando o alerta de prisão foi feito. O advogado da empresa disse à Reuters que nem Jean-Claude Mas nem o chefe financeiro da empresa, Claude Couty, haviam viajado para a América do Sul ou Luxemburgo. "Eles estão e continuarão na região de Var (na França)", disse Yves Haddad, acrescentando que seu cliente não iria comentar publicamente seu caso.

    Leia tudo sobre: prótesesinterpolJean-Claude Mas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG