seis graus de separação entre as pessoas - Mundo - iG" /

Internet confirmaria a teoria dos seis graus de separação entre as pessoas

Um estudo de milhares de mensagens instantâneas na internet parece validar a conhecida teoria segundo a qual existiriam apenas seis graus de seperação entre todos os indivíduos do mundo.

AFP |

Esta teoria postula que qualquer indivíduo pode ser vinculado a qualquer outro do mundo mediante uma cadeia de relações individuais de seis pessoas.

Uma equipe de pesquisadores da Microsoft estudou 30 bilhões de mensagens instantâneas enviadas por 240 milhões de pessoas em junho de 2006 e estabeleceu que, em média, duas pessoas podem estar vinculadas em 6,6 etapas.

"Conseguimos nos meter no tecido social da conectividade entre os indivíduos em escala planetária e confirmamos que o mundo é muito pequeno", declarou Eric Horvitz, que co-dirigiu o trabalho com Jure Leskovec.

"Acreditamos que é a primeira vez que uma rede social em escala planetária pôde validar a descoberta conhecida como 'seis graus de separação'", destacou.

A teoria se apoia nos trabalhos de Stanley Milgram e Jeffrey Travers, que pediram, em 1969, a 300 pessoas que viviam em Nebraska (centro dos EUA) que fizessem chegar uma carta a alguém de Boston (Massachusetts, nordeste), mediante conhecidos. Um amigo representava um grau de separação, o amigo do amigo dois graus e assim sucessivamente. As cartas que chegaram a seus destinatários obtiveram em média 6,2 graus de separação.

A teoria nunca foi considerada válida cientificamente, mas inspirou uma peça de teatro, um filme, um jogo e deu seu nome a uma organização de caridade.

Os pesquisadores disseram que seu trabalho respeitou a confidencialidade das mensagens e o anonimato dos indivíduos.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG