Inteligência paquistanesa acredita que Bin Laden está morto

Os serviços de inteligência paquistaneses acreditam que o líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, morreu, mas não têm provas, declarou nesta segunda-feira o presidente Asif Ali Zardari falando a um grupo de jornalistas.

AFP |

"Os americanos nos dizem que eles não sabem se está vivo ou morto e eles estão muito melhor equipados do que nós para procurar por ele, e nossos serviços de inteligência acham que ele está morto, mas não têm provas, de modo que não podem colocar isso como um fato", explicou Zardari.

"Portanto, estamos entre os fatos e a ficção", acrescentou.

Zardari respondeu assim a uma pergunta sobre as declarações dos talibãs paquistaneses, que se apoderaram recentemente do vale de Swat (noroeste) - aproveitando um cessar-fogo muito criticado pelos Estados Unidos - segundo os quais Bin Laden os chefes da Al-Qaeda eram bem-vindos na região.

gir/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG