Inteligência americana está pronta para entregar suas informações a Obama

Os serviços de inteligência americanos estão prontos para entregar suas informações confidenciais ao presidente eleito Barack Obama, num momento em que se abre uma fase de transição até o dia 20 de janeiro, quando o senador de Illinois assumirá o cargo oficialmente.

AFP |

"Continuamos a servir o governo atual, mas também estamos em contato com o presidente eleito Barack Obama e com sua equipe de segurança nacional", escreveu o diretor da CIA, Mike Hayden, em uma carta enviada na manhã desta quarta-feira aos funcionários da Agência Central de Inteligência americana da qual a AFP obteve uma cópia.

Obama terá "um acesso ampliado à informação, mais amplo do que o que tinha quando era senador ou candidato (à presidência)", destacou Hayden.

"A CIA vai desempenhar um papel crucial nesta tarefa", afirmou, ressaltando que a direção da CIA se reuniu na manhã desta quarta-feira para "conversar sobre a transição".

O diretor da Inteligência americana, Mike McConnell, pediu ao diretor dos serviços de inteligência da CIA, Michael Morrell, que o represente neste processo, segundo Hayden.

dab/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG