Integrantes do grupo RBD comemoram sucesso de turnê sul-americana

Assunção, 25 abr (EFE).- Os integrantes do sexteto mexicano de pop RBD expressaram hoje sua alegria pela grande aceitação do público em sua viagem pela América do Sul e se disseram muito contentes por sua participação, na segunda-feira passada, nas comemorações do aniversário de Brasília.

EFE |

O grupo mexicano, integrado por Anahí Portillo, Dulce María, Maité Perroni, Alfonso Herrera, Christopher Uckerman e Christian Chávez, chegaram hoje a Assunção onde se apresentarão pela noite no estádio Defensores del Chaco, com capacidade para 37 mil espectadores.

Chávez destacou o êxito que obtiveram em shows oferecidos no Brasil, na Bolívia e na Argentina, no marco da viagem mundial para promover seu último disco "Começar do Zero", que começou em 1º de fevereiro passado nos Estados Unidos.

O RBD nasceu da telenovela juvenil "Rebelde", que foi transmitida na rede "Televisa" entre 2004 e 2006, e se lançou como grupo devido ao grande êxito popular na América Latina e nos Estados Unidos.

Dulce María comentou que eles se sentem orgulhosos quando seus fãs assistem os show com as roupas que os integrantes do sexteto utilizavam na minissérie, mas incentivou seus fãs a encontrar suas próprias identidades.

"É muito bonito e agradecemos muito que todos estejam vestidos como nós, mas o mais importante é que sejam eles mesmos. Essa é a mensagem que tentamos lançar: que não tentem ser o que não são, mas buscar tirar o melhor de si, sempre, sendo autêntico e respeitando-se", afirmou a cantora.

De acordo com Dulce María o grupo não deve retomar a série televisiva, embora tenha dito que se sentem muito emocionados pelo projeto cinematográfico sobre a banda, que tem estréia prevista para o próximo ano.

A turnê mundial "Começar do Zero", inclui além disso apresentações em países como Peru, Honduras, El Salvador, Venezuela, Colômbia, Guatemala, Belize, Porto Rico, República Dominicana, Eslovênia, Polônia e Bulgária.

O RBD tem versões em inglês de suas canções e seu primeiro disco ganhou como melhor Álbum Pop do Ano nos Billboard Latin Music Awards 2006, dez meses após seu lançamento, e "Nosso Amor" se transformou em disco de Platina apenas sete horas após ser colocado à venda. EFE rg/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG