Dois integrantes do grupo sueco Abba disseram em uma entrevista que considerariam um reencontro do grupo. Em entrevista ao jornal britânico The Times, os dois homens do conjunto - Benny Andersson e Björn Ulvaeus - não descartaram um novo show do Abba.

Perguntado se o Abba poderia fazer um show único, talvez ao lado de uma orquestra, transmitido para todo o mundo, Andersson disse: "Sim, por que não?"
"Eu não sei se as garotas ainda cantam. Eu sei que a Frida [a ex-integrante Anni-Frid Lyngstad] estava no estúdio."
Em seguida, ele disse: "Não é uma má ideia, na verdade".

'The Way Old Folks Do'
Ulvaeus fez uma brincadeira com uma das músicas do Abba para falar sobre o assunto.

"Nós poderíamos cantar 'The Way Old Folks Do' ('Do jeito que as pessoas velhas fazem')", disse.

O Abba foi um dos conjuntos mais populares dos anos 70, e emplacou vários sucessos mundiais, como Dancing Queen, Fernando e Mamma Mia.

Desde o fim do grupo, em 1982, os integrantes do Abba sempre foram veementes em rejeitar qualquer possibilidade de reencontro.

Segundo o The Times, eles chegaram a dispensar uma proposta de US$ 1 bilhão para voltar a fazer uma turnê.

Dois anos depois do fim do grupo, Ulvaeus havia dito: "Nós nunca mais apareceremos juntos no palco. Simplesmente não há motivação para voltar. Dinheiro não é um fator e nós gostaríamos de ser lembrados como éramos - jovens, exuberantes, cheios de energia e ambição."
Andersson também havia dito que não via "nenhum motivo para voltar".

Recentemente o Abba tem voltado a fazer sucesso, em parte devido ao filme Mamma Mia, de 2008, um musical com canções do grupo. A vendagem de discos do Abba voltou a crescer.

Ulvaeus e Anderson estão promovendo agora um novo musical composto por ambos, Kristina, que estreia no Royal Albert Hall, de Londres, no dia 14 de abril.

O conjunto também é tema de uma exposição em Londres, com roupas antigas usadas pelos músicos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.