Insurgentes matam 1 soldado da UA e ferem 2 em Mogadíscio

Mogadíscio, 14 set (EFE) - Um soldado das forças de paz da União Africana (UA) foi assassinado hoje e outros dois ficaram feridos depois que insurgentes locais fizeram uma emboscada quando iam ao aeroporto internacional de Mogadíscio, informaram fontes oficiais.

EFE |

Além disso, outro soldado das forças de defesa populares de Uganda também morreu quando seu veículo foi baleado enquanto estava a caminho ao aeroporto por rebeldes da facção islamita Alshabab.

O comandante Bohuku, porta-voz das forças de paz da UA destinadas na Somália (Amisom), confirmou que um soldado morreu e outros dois ficaram feridos.

"Abriram fogo contra nosso comboio, mataram um de nossos militares e feriram outros dois disparando de um edifício que estava desabitado", disse Bohuku à imprensa, que afirmou que os soldados não responderam ao ataque, já que não queriam que "pessoas inocentes fossem atingidas".

No entanto, testemunhas confirmaram que os soldados da Amisom que foram atacados responderam, abrindo fogo contra o edifício do qual vinham os disparos.

Depois do ataque, as forças do Governo provisório da Somália chegaram ao local para comprovar que a zona estva livre de rebeldes e mataram um comerciante da zona e feriram dois de seus clientes.

"Os agressores (dos soldados da UA) eram insurgentes do Alshabab, já que carregavam bandeiras pretas com versos do Corão inscritos", disse à Agência Efe uma testemunha do fato, Ilyaas Hassan.

"A Amisom respondeu ao ataque, e depois do confronto vieram os soldados do Governo e mataram a gente que estava por aí", disse. EFE aa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG