Insulza se reuniu com membros da Suprema Corte Suprema em Honduras

O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, se reuniu nesta sexta-feira com a Suprema Corte de Justiça de Honduras, numa tentativa de encontrar uma saída diplomática para a crise provocada pelo golpe que depôs o presidente Manuel Zelaya.

AFP |

Isulza deixou sede do tribunal, em Tegucigalpa, após uma reunião de pouco menos de duas horas, sem dar declarações à imprensa.

O secretário da OEA chegou nesta sexta-feira em um avião da Força Aérea Brasileira ao aeroporto internacional de Toncontin, na capital hondurenha.

Honduras vive uma situação de emergência desde que o presidente Manuel Zelaya foi derrubado no último domingo.

Zelaya conta com o apoio unânime da comunidade internacional para retornar à presidência.

A OEA pediu que Insulza fosse a Tegucigalpa para notificar as autoridades locais sobre os termos da resolução aprovada pelo organismo, que dá um ultimato de 72 horas para que Zelaya volte ao poder.

af-hov/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG