Tegucigalpa, 3 jul (EFE).- O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, afirmou hoje que os responsáveis por romper a ordem constitucional em Honduras não têm intenção de reverter essa situação.

EFE jlp/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.