COPENHAGUE - O Instituto Meteorológico da Islândia negou nesta segunda-feira que o vulcão islandês Hekla tenha entrado em erupção, cinco dias depois de a nuvem de cinzas lançada pelo vulcão vizinho Eyjafjallajökull bloquear o espaço aéreo europeu.

Um porta-voz do instituto islandês disse que não houve erupção do Hekla, afirmando que a notícia que indicava o início da atividade foi um falso alarme .

Aparentemente, o motivo desse falso alarme foi uma transmissão ao vivo da televisão islandesa de imagens de lava e fumaça, apresentadas como se fossem do Hekla, quando na realidade eram do Eyjafjallajökull.

AFP
Vista aérea mostra vulcão Eyjafjallajokull expelindo fumaça e cinzas

Vista aérea mostra vulcão Eyjafjallajokull expelindo fumaça e cinzas

O Hekla é o vulcão mais famoso da Islândia, que desde 1970 entrou em erupção a cada dez anos aproximadamente, a última vez em 2000.

A preocupação dos meteorologistas em relação ao perigo de novas erupções se dirige, no entanto, ao Katla, vulcão situado ao leste do Eyjafjallajökull e com um amplo histórico de atividade, sempre precedida por explosões nos vulcões vizinhos.

Mais notícias


Fotos


Vídeos


Relatos

Leia mais sobre  vulcão na Islândia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.