Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Instituto Cervantes contabiliza 5 milhões de estudantes no Brasil

Madri, 25 jan (EFE).- Mais de 5 milhões de brasileiros estudam espanhol no Brasil, conforme o Anuário 2009 - o espanhol no mundo que acaba de ser publicado pelo Instituto Cervantes.

EFE |

No ano de 2006, o mesmo levantamento contabilizava 1 milhão de pessoas aprendendo o idioma no país.

Atualmente, o número de 5 milhões de estudantes refere-se desde o ensino primário ao universitário.

Este é um dos dados relevantes do anuário que a diretora Carmen Caffarel apresentará na quarta-feira aos meios de comunicação em Madri.

O relatório analisa a situação do espanhol e suas perspectivas de crescimento na Rússia e na África Subsaariana, duas regiões geográficas de especial interesse.

Com 300 páginas, o documento aborda outras questões relacionadas à língua espanhola e a cultura hispânica, assim como com o próprio Instituto Cervantes, que em 2009 comemorou 18 anos de existência e o 25º aniversário da especialidade do Espanhol como Língua Estrangeira.

O Governo do Brasil incentiva a aprendizagem do espanhol desde 2005, quando promulgou a lei que obriga o espanhol no ensino médio nas escolas do país.

Em agosto passado, Espanha e Brasil assinaram um acordo de colaboração para que 41 milhões de jovens brasileiros com idades entre sete e 17 anos possam ler e expressar-se na língua nos próximos anos.

O acordo, assinado pelo Instituto Cervantes e o Ministério da Educação do Brasil na presença da primeira vice-presidente do Governo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega, prevê a colaboração do Cervantes na formação de professores de espanhol, que devem chegar a 26 mil para cobrir as necessidades, frente aos 12 mil de 2009.

O Instituto Cervantes conta com nove sedes no Brasil, que é o país com maior número de centros desta instituição. EFE cgm/dm

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG