Inspiração no passado e no futuro marca último dia da Fashion Rio

Rio de Janeiro, 10 jun (EFE).- Modelos inspirados em décadas passadas estiveram em alta no último dia de desfiles da Fashion Rio, no qual as tops tiveram que colocar em prática toda a sua habilidade para não cair em uma passarela que se mostrou escorregadia demais.

EFE |

Este foi o caso do desfile da estilista Juliana Jabour, cujos saltos agulhas presentes em várias composições fizeram com que muitas modelos perdessem o equilíbrio.

Além das quedas, a coleção de Jabour recorreu aos anos 80 para apresentar peças nas quais os ombros são resgatados com volume e cores fluorescentes.

Azul, fúcsia e amarelo fosforescente deram a nota em peças feitas em tecidos brilhantes como viscose ou o náilon e reforçadas com acessórios metálicos e luminosos.

Pregas, calças e shorts com cintura alta e especialmente as minissaias foram usadas pela estilista para fazer esta revisão ao som da música disco.

O conceito de tempo, passado e futuro, também foi a principal fonte de inspiração para a Filhas de Gaia na coleção primavera-verão 2010.

Os estilistas da grife jogam com esta ambivalência temporária em padrões modernos sobre tecidos tecnológicos que, por sua vez, apresentam aspecto de usados.

Vestidos muito curtos, saias tubinho e maiôs são as apostas da grife para a próxima temporada, apresentadas em tons pastéis com alguma concessão a cores mais fortes. EFE edv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG