Inspetor do principal aeroporto da Argentina é detido sob suspeita de tráfico

Buenos Aires, 19 set (EFE).- Dois chilenos e um inspetor do setor de migrações foram detidos no principal aeroporto da Argentina acusados de envolvimento em tráfico de cocaína, informaram hoje fontes judiciais locais.

EFE |

Os dois cidadãos chilenos foram detidos no Aeroporto Internacional de Ezeiza, nos arredores de Buenos Aires, onde trabalhava até agora o inspetor aprisionado.

Os chilenos se preparavam para embarcar em um vôo com destino a Santiago com uma carga de cocaína, cujo peso não foi precisado.

As detenções foram ordenadas pelo juiz federal Carlos Ferreiro Pella, que investiga há meses uma grande organização dedicada ao narcotráfico. EFE ms/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG