Início da ofensiva do Exército afegão e da Isaf deixa cerca de 25 mortos

Cabul, 18 jun (EFE).- Dois soldados do Exército afegão e cerca de 20 supostos insurgentes morreram nos primeiros combates após o início hoje da operação militar lançada por tropas afegãs e pela Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), no sul do país.

EFE |

Os dois militares morreram, junto com três talibãs, em um tiroteio no distrito de Arghanbad, enquanto outros 20 morreram em um bombardeio da aviação da Otan, informou hoje o Ministério da Defesa afegão.

Segundo o ministério, entre os supostos insurgentes havia combatentes estrangeiros.

Até agora, a Isaf tinha informado que os confrontos eram de pouca importância.

As autoridades afegãs ordenaram a mobilização de milhares de soldados para combater os insurgentes, cujas forças são estimadas em várias centenas.

O Exército afegão e as tropas da Isaf iniciaram hoje em Arghanbad uma ofensiva para combater os talibãs que tinham tomado o controle de cinco localidades próximas à cidade de Kandahar.

As localidades caíram nas mãos dos rebeldes depois que, na sexta-feira passada, um grupo insurgente atacou a principal prisão da cidade de Kandahar e libertou cerca de 900 presos, entre eles pelo menos 350 supostos insurgentes. EFE lo/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG