não foi comprado por Bogotá - Mundo - iG" /

Ingrid diz que comandante Gafas não foi comprado por Bogotá

A ex-refém Ingrid Betancourt, libertada pelo Exército colombiano após mais de seis anos em poder da guerrilha das Farc, disse neste sábado que seu principal carcereiro, conhecido como comandante Enrique Gafas, não foi comprado pelas autoridades colombianas.

AFP |

A Rádio Suíça Romanda (RSR) informou na véspera que as Farc receberam 20 milhões de dólares para liberar Ingrid e outros 14 reféns, incluindo três cidadãos americanos.

"Os 15 reféns foram comprados na realidade a preço alto. Depois disso toda a operação foi uma encenação", afirmou a emissora.

Em declarações à TV France 3, Ingrid disse que Gafas "era um homem de uma maldade e de uma crueldade realmente especiais. Eu o conhecia profundamente. Sabia o que dizer e quando dizer para obter uma reação ou outra".

"Quando o vi no chão (do helicóptero de resgate) com as mãos e os pés amarrados, com os olhos vendados, sua expressão, sua boca, não eram de alguém que estivesse vendido. Estava humilhado", garantiu a ex-senadora.

O comandante Enrique Gafas foi detido pelo Exército colombiano durante a operação de resgate dos 15 reféns, realizada na quarta-feira.

O Exército, com o auxílio de agentes infiltrados na guerrilha, simulou uma operação de transferência de reféns ao acampamento do líder das Farc, Alfonso Cano, para resgatar os 15 sequestrados

ib/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG