Ingrid Betancourt é recebida pelo presidente da Itália e o prefeito de Roma

A ex-refém colombiana Ingrid Betancourt, em visita à Itália, manteve entrevistas nesta terça-feira com o presidente da República, Giorgio Napolitano, e o prefeito da capital, Gianni Alemanno.

AFP |

Também se reuniu com o chefe da diplomacia italiana, Franco Frattini, que lhe assegurou que a Itália contribui com os esforços por uma iniciativa internacional de paz e reconciliação na Colômbia para obter a libertação de todos os reféns.

Na véspera, Ingrid foi recebida pelo Papa Bento XVI em audiência privada em sua residência de verão de Castelgandolfo, nos arredores de Roma.

A audiência com o Papa durou 20 minutos e foi de caráter "estritamente privado", seguindo os protocolos do Vaticano. Portanto, os jornalistas não puderam entrar. Mas depois da audiência, a ex-reféns revelou alguns detalhes do encontro.

Católica fervorosa, Ingrid Betancourt havia manifestado o desejo de ver o Papa ao ser libertada, no dia 2 de julho, após seis anos de cativeiro das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

Betancourt viajará depois à Florença (centro da Itália), onde receberá a cidadania de honra dessa cidade dirigida pela esquerda.

kv/lm/fp/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG