Ingrid Betancourt e dalai lama são indicados a prêmio do Parlamento Europeu

Bruxelas, 3 set (EFE).- A ex-candidata à Presidência da Colômbia Ingrid Betancourt e o dalai lama estão entre as oito personalidades indicadas ao prêmio Sájarov, que todos os anos é entregue pelo Parlamento Europeu (PE) a defensores dos direitos humanos, das minorias ou da democracia.

EFE |

A candidatura de Betancourt foi avalizada pelo líder dos socialistas no PE, o alemão Martin Schulz.

Schulz defenderá sua indicação no próximo dia 9, em uma sessão da comissão de Direitos Humanos na qual serão apresentados os nomes de todos os concorrentes.

Já o nome do dalai lama foi proposto pelo grupo União pela Europa das Nações (UEN).

Além desses dois indicados, também disputarão o prêmio o ativista tibetano Hu Jia, preso na China por subversão, o opositor bielo-russo Aleksandr Kozulin e o dissidente russo e defensor dos direitos humanos Mikhail Trepashkin.

Também figuram na lista de indicados o presidente da comissão eleitoral da República Democrática do Congo, Apollinaire Malu-Malu, o líder da oposição democrática no Zimbábue, Morgan Tsvangirai, e a ONG Centro Europeu para os Direitos dos Ciganos.

Os três finalistas do prêmio vão ser anunciados em 22 de setembro, ao passo que o grande vencedor será escolhido pela Conferência de Presidentes do PE em meados de outubro.

Já a entrega acontecerá em Estrasburgo, em 17 de dezembro. EFE mvs/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG