Indústria do fumo enganou usuários sobre cigarros light (Justiça)

Um tribunal federal de apelação americano considerou nesta sexta-feira que a indústria de fumo enganou os fumantes ao etiquetar alguns tipos de cigarros como light embora fossem tão nocivos para a saúde quanto os demais.

AFP |

A Corte de Apelação de Washington confirmou um julgamento em primeira instância de agosto de 2006, segundo o qual os fabricantes mentiram durante dezenas de anos sobre os efeitos nocivos do tabaco.

Também confirmou a decisão da justiça federal de obrigá-los a retirar menções "enganadoras" como "leves" ou "naturais" em maços de cigarros.

A questão opunha o Estado americano com várias indústrias, entre elas a Philip Morris e a Reynolds.

lum/chl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG