Tamanho do texto

Jacarta, 6 jan (EFE).- Pelo menos 19 pessoas morreram de gripe aviária na Indonésia durante o ano passado e, com isso, sobe para 134 o número de vítimas fatais registradas nesse país desde o surgimento da epidemia, o número mais alto do mundo, confirmaram hoje as autoridades de saúde do país asiático.

Fontes do Ministério da Saúde, que deixaram de oferecer dados pontuais da situação em 2008, afirmaram que 20 pessoas foram infectadas com o vírus H5N1 no ano passado, e só uma se recuperou da doença.

A última morte relacionada a esta epidemia - que apareceu na China no final de 2003 e depois se propagou pelo mundo - aconteceu em setembro do ano passado.

Os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmam os números divulgados pela Indonésia, país onde parte da população - formada por 230 milhões de habitantes - cria galinhas e patos em casa.

A gripe aviária é transmitida ao homem através do contato direto com a ave infectada.

Segundo a OMS, no ano passado, houve no mundo todo 72 contágios pelo H5N1, com mortes na China (4), Egito (4), Indonésia (19) e Vietnã (5). EFE ind/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.