Indonésia reduzirá emissões com fim de destruição de florestas, diz Governo

Jacarta, 18 jan (EFE).- A Indonésia reduzirá suas emissões de dióxido de carbono (CO2) em até 37%, se parar a conversão de florestas com solos ricos em carvão em plantações, segundo um estudo governamental divulgado hoje pelo jornal The Jakarta Post.

EFE |

O documento da Agência Nacional de Planejamento do Desenvolvimento (Bappenas) recomenda ao Executivo que imponha uma moratória imediata às concessões de terras em áreas florestais ricas em carvão e que estabeleça um programa para trocar terrenos cedidos a plantações por outros em áreas de menor valor ecológico.

"A troca de terrenos e a revisão do planejamento territorial para conservar as áreas de carvão poderia representar uma potencial redução de emissões de até 37%", disse Basah Hernowo, diretor da conservação de florestas e recursos aquíferos da Bappenas.

O presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, comprometeu-se antes da cúpula de Copenhague sobre mudança climática, realizada em dezembro do ano passado, a reduzir as emissões de seu país até 41%, se recebesse financiamento internacional. EFE jpm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG