Indonésia proíbe temporariamente entrada de produtos lácteos chineses

Jacarta - O governo indonésio proibiu hoje, por um período de tempo indeterminado, a entrada de produtos lácteos chineses em seu território, com o objetivo de evitar que se estenda a crise sanitária provocada pelo leite infantil adulterado com melamina.

EFE |

O Ministério da Saúde assegurou através de seu porta-voz, Lily Sulistyowati, que "as autoridades competentes estão examinando o leite chinês" e "os resultados serão conhecidos nos próximos 2 ou 3 dias".

Como medida preventiva, a porta-voz disse que "os produtos (lácteos) chineses estão proibidos no mercado, por enquanto".

No entanto, a marca de leite chinesa "Guozhen" poderá continuar sendo vendida no mercado indonésio graças a uma permissão especial da Agência de Supervisão de Remédios e Alimentos.

Leia mais sobre: leite

    Leia tudo sobre: leite contaminado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG