Indonésia extradita cidadão australiano acusado de pedofilia

Jacarta, 13 ago (EFE).- Um tribunal indonésio aceitou hoje extraditar um cidadão australiano a seu país, acusado de crime de pedofilia na ilha de Bali, no sul da Indonésia.

EFE |

Segundo a Procuradoria, Paul Francis Callahan, de 47 anos, abusou entre abril de 1997 e janeiro de 1999 do irmão mais novo de sua mulher, uma criança que então tinha 10 anos.

Callahan, que negou a acusação, afirmou que em nenhum momento tinha sido interrogado pela Polícia australiana a este respeito.

O processo de extradição começou em setembro de 2007, por causa de uma nota diplomática enviada ao Governo da Indonésia através da Embaixada da Austrália em Jacarta.

Paul Francis Callahan foi para Bali em 2003, onde abriu um estabelecimento de surfwear e se casou com uma mulher indonésia, com quem teve uma filha. EFE jpm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG