Indisposição fez Morales cancelar participação em ato em N.York

La Paz, 23 abr (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, goza de boa saúde e foi apenas cansaço, e não uma doença, o que causou o cancelamento de um ato ao qual tinha previsto assistir em Nova York, explicou hoje o porta-voz do presidente, Ivan Canelas.

EFE |

Em entrevista aos veículos de comunicação em Cochabamba, ele lembrou que Morales viajou na terça-feira durante toda a tarde e toda a noite para comparecer à comemoração do Dia da Terra na ONU, em Nova York, onde, além disso, concedeu várias coletivas de imprensa.

Pouco antes, o presidente participou das cúpulas da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba), na Venezuela, e das Américas, em Trinidad e Tobago, um dia após encerrar a greve de fome de quase seis dias com a qual reivindicava a aprovação da lei eleitoral no país.

Com esse ritmo, "o presidente tem que se esgotar em algum momento", disse o porta-voz em declarações citadas pela agência estatal "ABI". EFE ezc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG