Índios paraguaios protestam contra política indígena do Governo

Assunção, 1 dez (EFE) - Milhares de membros de grupos sociais e indígenas paraguaios lotaram hoje a zona do centro de Assunção em diferentes protestos, onde a Polícia teve que empregar a força para dissipar os manifestantes.

EFE |

Dezenas de indígenas bloquearam o acesso da residência oficial presidencial de Mburuvichá Róga, onde foram para insistir perante o chefe de Estado, Fernando Lugo, pela destituição da diretora do Instituto Paraguaio do Indígena (Indi).

"Há 15 dias que pedimos uma audiência (com Lugo), mas ninguém nos atendeu, por isso recorremos a esta ação, a presidente do Indi não tem capacidade para conduzir essa instituição e inclusive cria mais divisão entre os indígenas", afirmou Catalino Sosa, um dos manifestantes.

A diretora do Indi, Margarita Mbywangui, primeira indígena que preside o organismo estatal no país, rejeitou esse pedido e afirmou que aqueles que pretendem sua destituição não representam os líderes das regiões de onde provêm.

Centenas de indígenas dos departamentos de Caaguazú e San Pedro, ambos no centro do país, e de Canindeyú, ao nordeste, na fronteira com o Brasil, permanecem acampados em frente à sede do Indi e anunciaram que não deixarão o local até que Mbywangui renuncie ou seja substituída. EFE lb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG