Índios brasileiros pedem apoio a Portugal sobre direito à terra

Lisboa, 3 jul (EFE) - Um grupo de líderes indígenas de Raposa Serra do Sol (RR) pediu hoje apoio ao Governo português para a manutenção dos direitos adquiridos sobre suas terras. Pierlângela Nascimento da Cunha, da comunidade de Barata, pediu ao Executivo socialista que ratifique a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) sobre povos indígenas em países independentes, relativa aos direitos de tribos em seus territórios de origem. Ela lembrou que 1,6 milhão de hectares de Roraima, fronteira com a Venezuela, onde vivem cerca de 19 mil indígenas - taurepang, patamona, ingarikó e wapixana, entre outros-, correm risco devido ao recurso contra um decreto que fixava um prazo de um ano para a saída dos ocupantes que não pertencem a essas terras. O recurso foi apresentado por particulares e o próprio Governo estadual de Roraima para deixar sem efeito o decreto de Homologação de Raposa Serra do Sol, assinado em 2005 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Pierlângela apresentou em Lisboa a campanha Anna Pata, Anna Yan (Nossa Terra, Nossa Mãe), divulgada em outros países europeus, iniciativa com a qual ressaltou que tentam denunciar os crimes dos quais, em sua opinião, os indígenas brasileiros são alvo. Aquele território é nosso há muitos anos. A vivência de nossos antepassados está gravada nessa pedras, no solo, em todos os lados, denunciou.

EFE |

Os indígenas brasileiros foram recebidos no Parlamento português pela Comissão de Assuntos Exteriores e por diferentes representantes de grupos da Câmara. EFE arm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG