Bogotá, 23 nov (EFE).- Os mais de 4.

000 indígenas colombianos que marcharam a Bogotá para reivindicar pelo respeito dos direitos humanos de suas comunidades e a restituição de suas terras, decidiram hoje retornar a seus lugares de origem, no sudoeste da Colômbia.

Henry Caballero, assessor indígena da mesa de acordos com o Governo, assinalou em diálogo com a Agência Efe que a decisão de voltar a suas terras é porque deram por cumpridos os objetivos a que tinham se proposto desde que iniciaram os protestos no final de setembro.

Além disso, disse que umas comissões de líderes nativos permanecerão em Bogotá para se reunir com os ministros designados pelo presidente colombiano, Álvaro Uribe, e membros do Governo, para assim concretizar os acordos.

Os indígenas também estão na expectativa da data para uma segunda reunião com Uribe e poder continuar dialogando sobre a problemática indígena no país. EFE fer/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.