Indiciada cientista paquistanesa acusada de vínculos com a Al-Qaeda

Aafia Siddiqui, a cientista paquistanesa de 36 anos suspeita de estar ligada à rede terrorista Al-Qaeda, foi indiciada nesta terça-feira por um tribunal de Nova York por tentativa de homicídio e agressão contra agentes americanos, anunciou o Ministério Público em comunicado.

AFP |

Siddiqui havia sido detida no Afeganistão em 17 de julho passado, e extraditada pouco depois para os Estados Unidos.

Ela ainda não havia sido formalmente indiciada antes da audiência desta terça-feira, destacou o promotor Michael Garcia no comunicado.

Aafia Siddiqui, que tem vários ferimentos, deve comparecer novamente diante do tribunal na manhã de quarta-feira, destaca o texto.

mes/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG